segunda-feira, 28 de março de 2011

Uma Vida D'Escrita - EÇA DE QUEIRÓS


CONTOS
 Singularidades de Uma Rapariga Loura
 Um Poeta Lírico
 No Moinho
 Civilização
 O Tesouro
 Frei Genebro
 Adão e Eva no Paraíso
 A Aia
 O Defunto
 José Matias
 A Perfeição
 O Suave Milagre
 Outro Amável Milagre

10ºC

quarta-feira, 16 de março de 2011

terça-feira, 15 de março de 2011

SEMANA DA LEITURA

Tradicionalmente dinamizada no mês de Março, a Semana da Leitura tem contribuído significativamente para a valorização da leitura junto das crianças e jovens e da população adulta, propiciando a aproximação da Escola à comunidade. A Semana da Leitura envolve, deste modo, escritores, ilustradores, para além de docentes, alunos, pessoal não docente e encarregados de educação, mobilizando, assim, a comunidade numa celebração festiva da leitura e do livro.



No nosso Agrupamento a Semana da Leitura realizar-se-á de 21 a 25 de Março. Pretendemos dinamizar as escolas do Agrupamento, estimulando dinâmicas que evidenciem, nestas e na comunidade em que elas se inserem, ambientes em que a leitura e os livros estejam presentes em toda a parte.

sexta-feira, 4 de março de 2011

"O rapaz que tinha zero a matemática"


Luísa Ducla Soares
il. Raquel Leitão

O Vasco detesta Matemática e tem a certeza de que aprender esta disciplina é uma perda de tempo. Mesmo quando estraga o bolo de anos da Isabel, porque não sabe calcular o dobro das porções da receita, não se convence que a Matemática é necessária para tudo.

Esta obra de Luísa Ducla Soares suscitou um vivo debate entre os seus leitores e levou à produção de poemas sobre o interesse e a importância da Matemática.

terça-feira, 1 de março de 2011

CONCURSO «O CARTAZ DA MINHA ESCOLA»

Este concurso, no âmbito da Semana da Leitura 2011 e das comemorações do Ano Internacional das Florestas, pretende a mobilização de todos em torno da relação Leitura – Energia – Floresta.

Informações úteis

A Semana da Leitura 2011, que decorrerá entre 21 e 25 de Março, conjuga a comemoração do Ano Internacional das Florestas e a promoção da leitura e dos livros, contribuindo para estimular o prazer de ler, abordando-se questões tão relevantes e actuais como o ambiente e a sustentabilidade. Procura-se, assim, elevar os níveis de literacia dos portugueses, tornando-os, simultaneamente, cidadãos mais conscientes e capazes de respeitarem o nosso planeta.

À semelhança do que se tem verificado nos anos anteriores, a participação das escolas não agrupadas/agrupamentos, bem como das comunidades em geral, é factor determinante para tornar a Semana da Leitura num marco em que a leitura, a criatividade, a capacidade de inovação e a pluralidade são patenteadas por todos os que sempre apostaram neste desafio.

Convidam-se, pois, todas as escolas não agrupadas/agrupamentos a participarem no Concurso «O cartaz da minha escola» que, este ano, vai premiar a criatividade, a imaginação, a capacidade de comunicação e de mobilização de todos em torno da relação Leitura – Energia – Floresta.

A inscrição inicial no concurso faz-se através do preenchimento de um formulário, disponível no Sistema de Informação do Plano Nacional de Leitura (http://www.sipnl.planonacionaldeleitura.gov.pt/login.jsp), entre os dias 10 e 18 de Fevereiro de 2011. Depois de cada escola não agrupada / agrupamento ter seleccionado o cartaz a apresentar a concurso, este deverá ser enviado entre os dias 25 e 31 de Março, conforme disposto no Regulamento do Concurso.

CARNAVAL

Luísa Ducla Soares


Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa, em 1939, licenciou-se em Letras e exerceu
actividades de jornalista e tradutora, prestando actualmente serviços na Área da
Informação Bibliográfica da Biblioteca Nacional. Em 1972, publicou o seu primeiro livro, A
História da Papoila, e recusou o Grande Prémio de Literatura Infantil do Serviço Nacional
de Informação (SNI). Em 1986, recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian de Livros para
Crianças pelo livro Seis Histórias de Encantar e, em 1996, pela mesma instituição e pelo
conjunto da sua obra, o Grande Prémio de Literatura para Crianças.